Painéis

Não perca nossa programação de conversas inspiradoras com a participação de convidados nacionais e internacionais. Serão sete dias de exibição online de debates para fomentar a cultura da sustentabilidade na Moda. Programe-se!

Acompanhe os conteúdos

14h30 - BEFW 5ª edição: Tecendo Ecossistemas Globais
Rafael Morais – Direção Executiva BEFW🇧🇷

Ana Sudano – Direção Criativa BEFW🇧🇷

Ana Sudano é estilista, com formação em Design e pós-graduação em Gestão de Negócios da Moda. Educadora no Senac SP, empreendedora, estudiosa e entusiasta das práticas de sustentabilidade na moda, atua como coordenadora criativa do Brasil Eco Fashion Week.

15h50 - Objetivos comuns no Ano Internacional da Economia Criativa

Isabel de Paula – Coordenadora a.i de Cultura da UNESCO no Brasil🇧🇷

Coordenadora de Cultura da UNESCO no Brasil, onde trabalha há 18 anos. Graduada em Comunicação Social/Jornalismo, tem mestrado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional pelo Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares (CEAM) da Universidade de Brasília (UnB) e Pós-Graduação em Gestão e Política Cultural pela Universidade de Girona (Espanha).

Mediação: Amélia Malheiros – Gestora na Fundação Hermann Hering🇧🇷

Graduada em Conselho de Administração – IBGC, com MBA em Gestão Empresarial.
Gestora na Fundação Hermann Hering e atua em movimentos pela economia criativa e sustentabilidade há mais de três décadas.

17h10 - Economia Criativa e inspirações no Nordeste brasileiro

Cláudio Nascimento – Secretaria de Ciência e Tecnologia de Pernambuco / Lab Griô🇧🇷

Larga experiência como Gestor Público, articula ações públicas e privadas com um olhar transversal, em prol do desenvolvimento criativo, econômico e social em Olinda, Recife e nos estados da Amazônia Legal. É apoiador do Marco Pernambucano da Moda, cofundador do Laboratório de Experiências em Desenvolvimento Territorial, Lab Griô e ex-conselheiro do Porto Digital, em Recife. É ainda especialista nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em Olinda, Recife, e na Amazônia, advocacy pela agenda 2030 da ONU, Liderança Criativa na THNK School of Creative Leadership e Contribui com a iniciativa Campus Party e a rede mundial de Cidades Inteligentes.

Celina Hissa – Catarina Mina🇧🇷

Fundadora da marca Catarina Mina e projeto Olê Rendeiras, é designer e mestre em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará, investigando a produção artesanal brasileira. Já trabalhou para agências de publicidade e propaganda e em design, ganhando prêmios de destaque nacional.
Em 2013, em colaboração com a artista Ana Maria Tavares, Celina Hissa realizou o projeto Projeto Natural-Natural, envolvendo dezenas de artesãs e diferentes tipologias artesanais do Ceará. As obras foram expostas no Museu Dragão do Mar, em Fortaleza-CE, no Museu da Vale, em Vitória- ES; em Houston (EUA), entre outros. Em 2015 lançou, junto com Lívia Salomoni o projeto FIA {Oficina de Artesãs}. Celina está à frente da Catarina Mina há 12 anos e mais recentemente do Olê Rendeiras, que reúne mais de 100 artesãs na produção da renda de bilro.

Mediação: Sandra Vasconcellos – Consultora de Comunicação para Moda, Artes Visuais, Design e Artesanato🇧🇷

Jornalista com pós-graduação em Artes Visuais, atua desde 2006 como consultora para empresas do setor de Economia Criativa com foco em Moda, Design, Artes Visuais e Artesanato.
Foi finalista do Prêmio Brasil Criativo 2014 do Ministério da Cultura, professora de Marketing de Moda e tutora nas disciplinas Políticas Culturais e Marketing Cultural no curso Formação de Gestores Culturais da Paraíba, projeto desenvolvido em 2013 pelo Ministério da Cultura, em parceria com a UFCG e o IFPB.
Eleita representante do Nordeste no Colegiado de Artes Visuais na II e III Conferência Nacional de Cultura. É também colaboradora do Startup Weekend Woman, com foco em inovação e empreendedorismo feminino.

18h30 - Raízes da Moda brasileira e linguagens culturais

Dr. Raul Lody – Antropólogo e autor🇧🇷

Raul Lody, antropólogo, museólogo, curador, escritor, ilustrador , pesquisa , em campo, no Brasil e em diferentes continentes nas áreas de: cultura material / arte popular / artesanato; artes étnicas de matriz africana e antropologia da alimentação e assim já publicou mais de 90 livros.

Dra. Patricia Sant’anna – Tendere Tendências🇧🇷

Fundadora e CVO (Chief Visionary Officer) da TENDERE – Pesquisa de Tendências e Soluções Criativas (www.tendere.com.br). Já atou como consultora e assessora em soluções criativas para o Rhodia, C&A, Eucatex, Masisa, Samsung, Instituto Itaú Cultural, Instituto Tomie Ohtake, MASP, FIEMG, Feninjer/Instituto Brasileiro de Gemas e Metais (IBGM), Sindijoias MG, Beauty Fair, Supermercados Enxuto, Chris Gontijo Loungewear, entre outros. Possui mais de 20 anos em docência e pesquisa em Arte, Design e Moda. É doutora em História da Arte, Mestre em Antropologia, Especialista em Museologia e Bel em Ciências Sociais. Hoje participa como pesquisadora do NAP Sustexmoda – USP.

Mediação: Ma. Julia Vidal – Escola de Moda Pluricultural – Ewa Poranga🇧🇷

Julia Vidal é designer gráfico e de moda, educadora e pesquisadora especializada nas etnias culturais brasileiras. Pós Graduada em História – África Brasil, laços e diferenças, mestra em Relações Étnicorraciais e gestora da marca que leva seu próprio nome Julia Vidal .: Etnias Culturais, e tem como propósito desenvolver marcas e produtos de moda e educação que valorizam a diversidade cultural brasileira. Desde 2005 conta histórias através de coleções temáticas apresentadas em desfiles no Rio de Janeiro, Bogotá e Londres, já assinou mais de 45 figurinos para TV e Palcos, como o de João Donato, no Rock In Rio, é designer de superfícies criando estampas em diferentes suportes expostos em espaços de arte como a Casa França Brasil, é escritora de 4 publicações onde aborda as temáticas da moda e do design afro e indígena brasileiros, o “O africano que existe em nós, brasileiros : Moda e Design afro-brasileiros” e o “Quintal Étnico: Cores e Vibrações afro-brasileiras” lançados em 2015 e os mais recentes, “Cosmovisões X Moda, qual é a sua tendência?” e “Revolução na Moda”, lançados respectivamente 2020 e 2021. É consultora de empresas de moda que criam produtos com identidade cultural brasileira, idealiza cursos de moda pluricultural como docente do curso/graduação de Design de Moda no Istituto Europeo de Design Brasil (Rio e SP), é também docente no MBA de Visagismo na Monitor SP e Membro da Universidade Indígena Pluriétnica Aldeia Marakanà. Em 2021, idealizou e coordena a Escola de Moda Pluricultural, Ewa Poranga. É laureada pelo prêmio de Economia Criativa do MINC e reconhecida internacionalmente com o prêmio “Empresas inspiradoras ao redor do mundo” pela Shell Live Wire.

11h10 - Moda responsável: algodão agroflorestal na parceria Renner e Farfarm

Eduardo Ferlauto – Gerente Geral de Sustentabilidade – Lojas Renner🇧🇷

Eduardo Ferlauto é gerente geral de Sustentabilidade da Lojas Renner e diretor executivo do Instituto Lojas Renner. Graduado em Engenharia Mecânica pela PUC-RS, tem mestrado acadêmico em Processos de Fabricação pela UFRGS e MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Ao longo da sua carreira, acumula mais de 15 anos de experiência em empresas de grande porte, nos segmentos automotivo, metalúrgico, petroquímico, farmacêutico e varejo.

Pedro Mallman Saldanha – FARFARM🇧🇷

Pedro Mallmann Saldanha é especialista na área de direito ambiental com foco em mudanças climáticas e sustentabilidade e também empresário e cofundador da FARFARM.

Mediação: Rafael Morais – Brasil Eco Fashion Week🇧🇷

14h30 - Rastreamento de impacto em marcas de moda

Stephannie Galdino – WAY CARBON🇧🇷

Ativista climática e analista de Sustentabilidade na WayCarbon, formada em Relações Econômicas Internacionais pela UFMG. Atua com temáticas como sustentabilidade corporativa, mudanças climáticas, pegada de carbono e créditos de carbono.

Vanessa Spies – Rastra🇧🇷

Co-fundadora e CEO da Rastra. Consultora de Negócios Sustentáveis, formada em Design de Moda, Especialista em Moda Sustentável e entusiasta de blockchain, IoT e AI. Atuou em diversas áreas de uma grande empresa do Varejo Nacional. Participante ativa de fóruns nacionais e mundiais que buscam resolver problemas globais da indústria. Tem como propósito trazer a mudança da indústria em prol da sustentabilidade através da convergência de tecnologias.

Mediação: Pedro Ruffier – Movin / Weloop🇧🇷

Pedro Ruffier é o fundador da INFINITU X, uma empresa que se dedica a acelerar a transição para um estilo de vida mais consciente e tecnológico. As marcas que compõem o portfólio são MOVIN (moda), WELOOP (mercado online) e TROPIK COSMETICS (cosméticos).
Desde 2011, as marcas receberam vários prêmios, como Best For The World 2017 e 2018 da B-Corporation, Management Excellence e Grand Award Zuzu Angel, Empresa Mais Notável e Sustentável da PR Newswire, Prêmio Bronze de Embalagem pela Brasil Design Awards e muitos mais.

15h50 - Digitalização para peças-piloto 3D e modelagem low-waste

Paulo Salgado – Sampless🇵🇹

Paulo Salgado, Engenheiro industrial de formação com mais de 18 anos a gerir operações na Indústria, tanto em Portugal como em França.  No ano de 2015 em Paris, teve o primeiro contacto com o mundo da moda o qual se viria a tornar o seu principal foco de exploração, sobretudo a acompanhar o desenvolvimento digital no processo de criação e desenvolvimento de novos produtos.

Ao longo dos últimos 6 anos, liderou projetos de produção digital em marcas como Dior, Hermés, Gucci entre outros.

Em 2020, após analisar a necessidade de evangelizar este “know-how” na Indústria, criou a sampLess – Tradução significa “menos amostras”

A sampLess é um dos 1º centro de serviços digitais em Portugal e visa auxiliar a indústria da moda (têxtil / calçado / Produtores de Materiais) no processo de digitalização e prototipagem na fase de criação e desenvolvimento de novos produtos, de forma reduzir custos e recursos utilizados e tornar o processo mais sustentável.

Brooke McEver – Unspun🇺🇸

Brooke é Product Lead na unspun, e trabalha para reduzir as emissões globais de carbono por meio de produtos e processos inovadores na indústria da moda. Os projetos da empresa incluem algoritmos para provas de peças personalizados, produção em 3D e experiências de varejo digital.

Antes da unspun, ela fortaleceu o departamento de sustentabilidade na maior fábrica de exportação de Bangladesh, possibilitando um grande projeto de Upcycling para marcas, e cofundou um negócio social dedicado à criação de redes de fornecedores para marcas de pequeno e médio porte. Ela tem mestrado na Stanford University em Design Impact.

Mediação: Jordana Guimarães – Fashinnovation🇺🇸

Jordana Guimarães é co-fundadora da Fashinnovation, uma plataforma global que conecta pessoas por meio da inovação, tecnologia, sustentabilidade, diversidade e inclusão.
Desde 2018 a Fashinnovation já reuniu mais de 400 palestrantes renomados da indústria como Carry Somers, Sasha Meneghel, Oskar Metsavaht e representantes da NASA, Parsons, Vogue e mais.
Com mais de 20 anos de experiência como empreendedora e relações públicas, trabalhou com startups e designers de moda emergentes. Lançou o PROJETO NYLON em 2016, reunindo as indústrias de moda e entretenimento para humanizar os moradores de rua e no ano de 2021 publicou seu primeiro livro originado deste projeto, entitulado de “It Could Be You”.

17h10 - Certificações no incentivo às exportações

Priscila Hauffe – Ecocert🇧🇷

Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pós graduada em Gestão Comercial pelo Instituto de Pós Graduação. Com experiência de mais de 10 anos em certificação orgânica atualmente atua como gerente comercial da Ecocert Brasil Certificadora

Marjorie Platero – Control Union🇧🇷

Marjorie Platero, engenheira ambiental e pós-graduada em produção, atua em certificações de protocolos de pilares sociais, ambientais e de saúde e segurança, dentre eles, as certificações têxteis em produtos reciclados e orgânicos na Certificadora Control Union Brasil.

Soraia Zonta – Bioart🇧🇷

A bio empreendedora Soraia Zonta, fundou a Bioart a partir de um problema de pele. A experimentação de severas alergias no rosto em decorrência do uso de cosméticos convencionais foi um dos agentes motivadores para a criação da marca, além da sua preocupação com questões ambientais e éticas tais como poluição invisível dos oceanos, rios e crueldade animal gerada a partir do consumo de cosméticos tradicionais e tóxicos.
Desde 2010, a Soraia tem o compromisso com o desenvolvimento de bioskincare Bioart seguros com ativos naturais e orgânicos aliados à tecnologia verde e sustentável.
É a primeira mulher e empresa de cosméticos do Brasil a adotar modelo de negócios sustentável recomendado pelas Nações Unidas – ONU. Um modelo de consumo consciente que protege processos, pessoas e o meio ambiente em geral.

Mediação: Mariana Amaral – Citeve Brasil / Etiqueta Certa🇧🇷

Mestra em Têxtil e Moda (Materiais e Processos Têxteis) por EACH / USP (2016), pós-graduada em Sustentabilidade pela Faculdade de Tecnologia SENAI Äntoine Skaff (2014), bacharel em Têxtil e Moda pela EACH / USP (2011). Tem como foco a pesquisa sobre reutilização e reciclagem têxtil, economia circular, tecnologia têxtil, sustentabilidade, compliance e legislação técnica aplicada à indústria têxtil. Atualmente é sócia fundadora da empresa Etiqueta Certa e representante do CITEVE no Brasil.

14h30 - Moda que Planta Água

Marenilson Batista da Silva – Embrapa Algodão🇧🇷

Engenheiro Agrônomo com mestrado em fitotecnia. Pesquisador da Embrapa Algodão realizando Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação na produção orgânica e agroecologia.Trabalha com algodão orgânico e seus consórcios agroalimentares no semiárido do Brasil.

Yasmin Lourenço – Yacarantã Agroflorestal🇧🇷

Cofundadora da Yacarantã Agroflorestal e da marca DaFloresta, consultora e professora de culinária agroflorestal e beneficiamento, designer de sustentabilidade, modelo e mãe.

Mediação: Larissa Duarte – Jurema🇧🇷

Larissa Oliveira Duarte é designer, mestre em Negócios Internacionais pela Leeds Beckett University(pesquisa na área de shared value e CSR), mestre em Têxtil e Moda, pela Universidade de São Paulo (pesquisa na área de social network analysis e mapeamento “field to fashion” do algodão orgânico no Brasil). Trabalhou com recrutamento para o Internacional Office do Newcastle College da BPP University na Inglaterra. Tem experiência há mais de 10 anos com projetos relacionados à pesquisa e inovação social, tendo desenvolvido atividades no Brasil, Bolívia, Peru, Inglaterra e Guatemala. Co-fundadora da Confio.eco, que desenvolve mapeamento de ecossistema de negócios para co-criar soluções envolvendo multi-atores e fornece consultoria na área de recursos humanos e gestão empresarial, utilizando ferramentas sistêmicas. Co-fundadora da startup Jurema, que oferece cursos, consultoria e P&D na área de materiais vegetais, agrofloresta e permacultura para o setor têxtil. Atualmente pesquisa ecossistemas de inovação e sua relação com o design.

15h50 - Cadeias responsáveis e práticas inovadoras na produção da VEJA-VERT

Lígia Zottin – Impacto e Conformidade na VEJA-VERT🇫🇷

Ligia Zottin é formada em engenheira ambiental com mestrado em Negócios Sustentáveis e Inovação pela Universidade de Utrecht, responsável pela área de Impacto e Conformidade da VEJA. Ela tem experiência em gestão de projetos em temas como mudanças climáticas, Avaliação do Ciclo de Vida, certificações e relatórios socioambientais. Ela tem contribuído para a estratégia de Sourcing da VEJA com foco na criação de valor e na identificação e aplicação de soluções sustentáveis.

Mediação: Itiana Pasetti – Biodesigner e cofundadora da Revoada🇧🇷

Empreendedora Social, Biodesigner de moda regenerativa, formada pela UCS universidade de Caxias do sul. Participante do “Erasmos”, programa de intercâmbio no curso de Tecnologia Têxtil na Universidade do Minho, Guimarães – Portugal. Co-fundadora da Revoada. Uma marca de impacto positivo e uma consultoria de Design Vital para as empresas. Cria produtos regenerativos, gerando um despertar para a fluxonomia 4D. Itiana é integrante do Colabora (laboratório de Moda Sustentável Basileira) e Tutora do festival multicultural Trama Afetiva.

17h10 - Troca de experiências em tingimento natural

Jackie Andrews-Udall – Pesquisa e Estratégia em Moda Sustentável / Dyers’ Circle🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿

Jackie é uma experiente consultora freelancer que trabalhou para muitas marcas de luxo, fábricas têxteis, instituições acadêmicas e organizações governamentais.Trabalhou em toda a indústria têxtil, desde a previsão de tendências para Peclers Paris, Itochu Fashion System e Takisada no Japão, até projetos para Yves St Laurent e Lagerfeld, liderando compras para Stella McCartney e compras e desenvolvimento de tecidos para Lanvin, trabalhando em estreita colaboração com Alber Elbaz.
Jackie deixou as marcas de luxo para trabalhar para a ONU usando habilidades têxteis na construção de capacidade, para construir planos de redução da pobreza e ter um impacto positivo na sociedade. Atualmente dirige uma consultoria de sustentabilidade aconselhando várias fábricas, dá palestras sobre design sustentável e pensamento sistêmico na UAL London College of Fashion e Central St. Martins. Fundou o Círculo de Tintureiros como parte de sua pesquisa acadêmica, com o objetivo de criar consciência em torno do uso excessivo de petroquímicos dentro da moda e com a intenção de promover uma mudança de paradigma na coloração de têxteis.

Juliana Bastos – Manui Brasil🇧🇷

Juliana Bastos é designer e pesquisadora na área de sustentabilidade na moda. Formada em Design de Moda na Faculdade Santa Marcelina e atualmente cursando mestrado em Têxtil e Moda na Each Usp.

Estilista, tintureira, e criadora da Manui Brasil. Marca brasileira que produz peças através do conceito slow fashion, praticando uma moda mais consciente e sustentável. Desde a graduação vem aprofundando seus conhecimentos sobre as técnicas ancestrais. Pesquisadora e professora sobre Tingimento Natural e estamparia manual, feito com corantes vegetais extraídos de cascas, sementes, flores e folhas. Na Manui Brasil propõe, através de práticas sustentáveis, uma experiência de expressar a brasilidade através do vestir.

Fabíola Trinca – Studio Trinca🇧🇷

É artista visual, colorista natural e figurinista. Estudou Psicologia (UFRJ) e desenvolveu sua carreira no cinema há 12 anos. Após um curso de ‘natural dyeing’ em Nova York e uma temporada na África do Sul, decidiu colocar como prioridade em sua vida, o fazer manual e conectado com a natureza. Criou o @studiotrinca em 2017, a partir da sua prática do tingimento natural, resgatando essa técnica milenar utilizada por diversos povos ao redor do mundo e se especializando em colorimetria botânica. Nascia assim, um estúdio de criação híbrido, dialogando de forma harmoniosa com várias frentes diferentes como design, artes visuais, pesquisa e educação. Hoje, o Studio entrega produtos verdes, realizados de forma slow, a partir de processos regenerativos e circulares, promove cursos experimentais e de capacitação, particulares e na rede SESC Rio e SP, produz conteúdo voltado para o estilo de vida minimalista e natural e dá consultorias personalizadas utilizando as teorias sobre cor e psicologia. Fabíola vive e trabalha no Rio de Janeiro.

Mediação: Ana Sudano – Brasil Eco Fashion Week🇧🇷

Ana Sudano é estilista, com formação em Design e pós-graduação em Gestão de Negócios da Moda. Educadora no Senac SP, empreendedora, estudiosa e entusiasta das práticas de sustentabilidade na moda, atua como coordenadora criativa do Brasil Eco Fashion Week.

14h30 - Estratégias de recolhimento e venda para peças de reuso

Rafael Mas – Humana🇪🇸

Licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade Autónoma de Madrid e Especialista Universitário em Gestão Diretiva de Organizações Sem Fins Lucrativos pela UNED. Desenvolveu a sua carreira profissional na Fundação desde 1998, ocupando diversos cargos na organização tanto nas unidades produtivas de Gestão de Resíduos Têxteis como nas áreas de Gestão e Planeamento de Projetos de Cooperação e na área da Comunicação. Atualmente promove Relações Institucionais e Alianças Estratégicas com colaboradores.

Maggie Ferber – Vopero🇺🇾

Maggie Ferber é a criadora e cofundadora da Vopero. Morou por 10 anos nos Estados Unidos onde, além de desenvolver seus estudos em negócios, e-commerce e direção criativa, se especializou em branding e design para diferentes empresas e projetos.
Apaixonada pelo desenvolvimento estratégico de marcas que tenham um propósito e busquem sinergia com a comunidade de clientes, ela retorna ao Uruguai com uma ideia revolucionária: unir tecnologia e moda, a serviço da sustentabilidade e do consumo consciente.
Nasceu assim a Vopero, plataforma presente no Mexico e Uruguai. Sinônimo de guarda-roupa virtual, a iniciativa dá novo valor e impacto à experiência de compra, para que o usuário acesse peças de vestuário que já existem no mercado e estão em ótimo estado. O foco é ressignificá-las dando-lhes uma segunda oportunidade a partir de um App amigável e seguro, a preços acessíveis.

Mediação: Agustina Comas – Consultora em redesign / COMAS®🇧🇷

Agustina Comas é estilista uruguaia, radicada em São Paulo desde 2008. Fundou a marca COMAS® e desenvolveu o Sistema de Upcycling Raiz, um sistema de trabalho para criação, desenvolvimento e produção de novos produtos a partir de roupas e resíduos têxteis. Através da COMAS® atua como consultora de marcas e fábricas, desenvolvendo coleções voltadas para a circularidade dos materiais, e com grupos de produção, universidades e alunos, ensinando seu sistema de trabalho.

15h50 - Estratégias para o Upcycling em escala

Carmen Gama – MAKE ANEEW / Eileen Fisher Renew🇺🇸

Carmen Gama é uma Designer de Sistemas Circulares baseada em Nova York, nascida e criada no México. Carmen é especializada em projetar soluções escaláveis ​​para recursos têxteis e de vestuário pré e pós-consumo. Ela trabalha como Gerente de Design e Produção para a inovadora linha Eileen Fisher Renew e a iniciativa Waste No More, e é cofundadora da MAKE ANEEW, uma cadeia de suprimentos pós-consumo de B2B que recupera valor, em escala, de roupas e têxteis descartados por meio de reparos, re-manufatura e reciclagem de fibra para fibra.
Ela foi destaque em várias publicações, incluindo Women’s Wear Daily, The New York Times, The Wall Street Journal, Forbes, Vogue e Harper’s Bazaar.

Reet Aus – Reet Aus🇪🇪

Reet Aus é designer de moda com doutorado e ativista ambiental. Uma rebelde natural que fundou a REET AUS COLLECTION® e THE UPSHIRT®. Ela é pioneira no ramo do upcycling industrial para moda, e desenvolveu a certificação UPMADE®, com o objetivo de transmitir seus conhecimentos para marcas e fábricas.

Agustina Comas – Consultora em redesign / COMAS®🇧🇷

Agustina Comas é estilista uruguaia, radicada em São Paulo desde 2008. Fundou a marca COMAS® e desenvolveu o Sistema de Upcycling Raiz, um sistema de trabalho para criação, desenvolvimento e produção de novos produtos a partir de roupas e resíduos têxteis. Através da COMAS® atua como consultora de marcas e fábricas, desenvolvendo coleções voltadas para a circularidade dos materiais, e com grupos de produção, universidades e alunos, ensinando seu sistema de trabalho.

Mediação: Lucía López – Consultora e pesquisadora em Moda Circular🇺🇾

Designer de Moda Industrial, formada pelo Centro de Diseño Industrial (UY). Aluna do Mestrado em Ciências Ambientais pela Faculdade de Ciências- UDELAR. Professora Assistente da FADU- Universidad de la República. O seu trabalho e investigação centram-se no design sustentável e na Moda Circular, abordando a minimização de resíduos têxteis de diferentes práticas de moda. Criadora do projeto “Critical Printing #TEXTOURGENTE”, projeto que articula o upcycling participativo e a moda como ato político. Integrante do coletivo de arte Proyecto CasaMario.

17h10 - Cases de reciclagem de peças pós-consumo

José Guilherme – Cotton Move🇧🇷

Fundador e gestor da Cotton Move, empresa de projetos e produtos circulares. Graduado em Moda e extensão em Marketing tem mais de três décadas de experiência em desenvolvimento de produtos e gestão da cadeia de suprimentos da indústria têxtil nacional e internacional. Pioneiro em produções têxteis sustentáveis no Brasil onde atua desde 1999 e em produtos circulares certificados da cadeia de fornecimento do algodão e “jeans”.

Laura Vicaria – MUD Jeans🇳🇱

MUD Jeans é a primeira marca de jeans totalmente circular do mundo. Seu objetivo é demonstrar que existe uma alternativa ao fast fashion. Com o modelo alugue um Jeans, a marca desafia a ideia de propriedade e incentiva um mundo sem desperdícios. A MUD jeans acredita que estar atento à natureza e às pessoas é uma necessidade. Como gerente de CSR, Laura Vicaria trabalha para impulsionar a melhoria contínua nos objetivos de sustentabilidade e circularidade da MUD Jeans.

Mediação: Gabi Machado – Brasil Eco Fashion Week🇧🇷

Atua na curadoria de conteúdos do Brasil Eco Fashion Week, pelo 3º ano. É jornalista, especialista em Comunicação e Educação Ambiental, e Comunicação e Marketing de Moda. Realiza pesquisa e geração de conteúdo sobre sustentabilidade e circularidade no contexto da Moda, e também atua na comunicação da empresa têxtil focada em soluções circulares, Cotton Move.

14h30 - Conversa entre Grupos Produtivos da Rede Ecotece

Givanil Lima – Grupo Retrós Vest🇧🇷

Costureira do grupo produtivo Retrós Vest, especializado em costura de malharia, tecido plano e upcycling.

Cris Moreira – Grupo Flor de Cabruêra🇧🇷

Coordenadora do grupo produtivo Flor de Cabruêra, especializado na produção de bolsas e acessórios.

Roseli Montanari – Coletivo C.U.P.I.N.S🇧🇷

Psicóloga e coordenadora do grupo produtivo Coletivo C.U.P.I.N.S, especializado na técnica de serigrafia e xilogravura.

Mediação: Lia Spínola – Instituto Ecotece🇧🇷

Estilista e diretora do Instituto Ecotece, gestora de projetos de moda sustentável com foco em conscientização, inclusão e geração de renda.

15h50 - Gestão produtiva ética de moda artesanal

Dr. James Vreeland – Naturtex Eko Peru🇵🇪

Pegar carona ao redor do mundo nos anos 60 o levou aos Andes peruanos. Lá ele descobriu uma nova terra e cultura que parecia ter um potencial têxtil artesanal ilimitado. Completou doutorado em antropologia no Instituto de Estudos Latino-Americanos, na Univ. do Texas, Austin, e retornou ao Peru para fundar a Naturtex/EKO Peru, em 1997. Sua missão é apoiar as comunidades indígenas e camponesas locais para obter benefícios econômicos ao produzirem, do cultivo ao produto final, cerca de 450 variedades têxteis exclusivas, sob os princípios de comércio orgânico e justo.

Jackie Corlett – Motif Handmade Bangladesh🇺🇸🇧🇩

Criar conexões dinâmicas entre as marcas orientadas para o design e os tecelões profissionais de Bangladesh é a missão de Jackie Corlett. Desde 1989, Jackie vive e trabalha com comunidades artesanais especializadas em cestaria, bordado e cerâmica, mas os têxteis feitos à mão são a sua paixão. Sua empresa de costura baseada em comércio justo e entrega de pequenos lotes, Motif, foi criada em 98. A empresa cria artigos para moda e casa aliando materiais naturais ou reciclados, com habilidades tradicionais. Em 2019, a Motif Handmade foi levada aos Estados Unidos para trazer essa rede de décadas de artesãos profissionais de confiança, a uma base de clientes e designers que buscam autenticidade, transparência e excelência em seus fornecedores.

Mediação: Julia Toro – Instituto Ecotece🇧🇷

Formada em moda pela Faculdade Santa Marcelina, atua desde 2010 com desenvolvimento de produtos junto a grupos comunitários, tanto de costura, quanto de artesanato urbano e tradicional. Participou de projetos como Guerreiros sem Armas, Talentos do Brasil, Coletivo Artes Coca-cola, Projeto Arrastão com desenvolvimento de atividades com moda, arte, educação e sustentabilidade. Há 5 anos integra a equipe do Instituto Ecotece, hoje no cargo de presidente do Instituto, atuando na construção de uma cadeia de moda mais ética, limpa e inclusiva através da educação, apoio a grupos e empreendedores em situação de vulnerabilidade e com gestão de produção de peças com responsabilidade social, ambiental e cultural.

17h10 - Moda e Sustentabilidade em livros e publicações

Profa. Dra. Lilyan Berlim – Lab ESPM / Dobras-ABEPEM🇧🇷

Lilyan Berlim é doutora em Ciências Sociais pela UFRRJ e mestre em Meio Ambiente, pela UFF, com pesquisa em Consumo, Moda e Sustentabilidade; autora do livro Moda e Sustentabilidade, uma Reflexão Necessária (2012), organizadora do livro Políticas Periféricas para um Design Responsável e de vários capítulos e artigos científicos. Membro do comitê científico do Global Fashion Conference (2018); Docente convidada do Master da Nottingham Trent School of Business (UK), e de cursos de pós-graduação e graduação da ESPM e do Instituto Europeu de Design, entre outros. Consultora pelo Sebrae nas áreas de sustentabilidade e inovação. Pesquisadora do Laboratório de Pesquisas e Práticas Sustentáveis da ESPM, do Laboratório de Economia Criativa da ESPM, RJ, e do grupo dos Estudos do Consumo, da UFRRJ. Atuou por décadas como designer têxtil, desenvolvendo estampas e projetos para marcas do Rio de Janeiro.

Ma. Eloisa Artuso – IED-SP / Coord. Índice de Transparência da Moda FR🇧🇷

Eloisa Artuso é designer, cofundadora do Instituto Fashion Revolution Brasil, coordenadora do Índice de Transparência da Moda Brasil e professora de Design Sustentável do IED – Istituto Europeo di Design. Com quase 20 anos de experiência e um trabalho que se encontra no espaço entre sustentabilidade, educação e design, Eloisa lidera projetos que incentivam profundas transformações na indústria da moda. É graduada em Desenho de Moda e tem masters em Design Futures pela Goldsmiths, University of London.

Profa. Dra. Alison Gwilt – University of New South Wales🇦🇺

Dra. Alison Gwilt é autora, pesquisadora e professora associada em Design na University of New South Wales, Austrália. Sua pesquisa examina métodos e abordagens de design inovadores que permitem à comunidade da moda e dos têxteis, desde educadores a produtores e consumidores, adotar práticas mais circulares e sustentáveis. Seus livros incluem: ‘A Practical Guide to Sustainable Fashion’ (Bloomsbury 2nd ed. 2020); ‘Global Perspectives on Sustainable Fashion’ (Bloomsbury 2019); ‘Fashion Design for Living’ (Routledge 2015) and ‘Shaping Sustainable Fashion’ (Routledge 2011).

Mediação: Profa. Dra. Francisca Mendes – USP-Each🇧🇷

Atualmente professora associada (2017) da USP-EACH, realizou ano sabático como pesquisadora no Instituto de Estudos Avançados IEA USP 2020/21. E pós-doutorado (2016) no departamento de projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo FAU-USP, com o projeto de pesquisa Moda na Cadeia Têxtil e suas Questões Ambientais. Doutorado (2010) e mestrado (2006) em Engenharia de Produção pela Universidade Paulista. Lato sensu (2003) em Moda e Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi e graduada (1994) no Curso Superior de Moda pela Universidade Anhembi Morumbi. Foi profissional do setor têxtil nas áreas de desenvolvimento e processo produtivo de produto de moda (1980 a 2011) e figurino de balé (1980 a 2003). Realiza pesquisa científica na área de desenvolvimento e processo produtivo na Manufatura do Vestuário de Moda e Sustentabilidade na Cadeia Têxtil e Confecção, com publicações de artigos em congressos, capítulos e livros. Realiza projetos Socioambientais com pessoas em extrema vulnerabilidade social utilizando resíduos têxteis como matéria prima. É líder do grupo de pesquisa CNPq Moda na Cadeia Têxtil? (2012) e coordenadora do Núcleo de Apoio à Pesquisa Sustentabilidade Têxtil e Moda – NAP-SUSTEXMODA, junto à Pró-reitora de pesquisa da USP. (2017) Trabalha por uma cultura de paz da UNESCO.

14h30 - Expressões indígenas na Moda brasileira

SIODUHI – SIODUHI STUDIO🇧🇷

Indígena do povo Waíkahana (Piratapuya), nascido no Território Indígena do Alto Rio Negro, localizado no município de São Gabriel da Cachoeira/AM. Fundador e Criativo da Sioduhi Studio, Cofundador do Coletivo Indígenas Moda BR, Antena do Imagine 2030.

Dayana Molina – NALIMO🇧🇷

Dayana Molina é ativista indígena, diretora criativa e estilista. Atua na moda há 14 anos. Empreende em sua marca NALIMO @oficialnalimo e é fundadora do coletivo @indigenasmodabr Através de seus questionamentos, e emergentes discussões raciais sobre representatividade no mercado de moda, tem contribuído para mudanças tangíveis em seu meio. Representa localmente o Fashion Revolution na cidade de Niterói.

Mediação: Jackson Araújo – Trama Afetiva🇧🇷

Comunicólogo especializado em Comportamento de Moda, é ativista da racionalização criativa para a sustentabilidade e diretor do festival multicultural Trama Afetiva, plataforma de pesquisa em design sobre inovação regenerativa para resíduos da indústria têxtil e ambiente de diálogo entre pensadores, artistas, ativistas, cientistas, marcas e sociedade civil. Atualmente cursando o Mestrado Profissional Mestrado Profissional em Arquitetura, Urbanismo e Design com Linha de pesquisa em Arte, Design e Tecnologia, no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, é pesquisador e estudioso da Economia Afetiva, termo que cunhou em 2014, uma forma de reinventar o mercado pela valorização dos ganhos coletivos nas relações de criação, produção, venda e consumo, para ser catalisadora de interações orientadas pelo respeito, empatia e complementaridade. Ministra palestras, realiza workshops e dirige projetos sobre o tema e é co-autor e editor dos livros “Economia Afetiva: Aprendizado Para O Futuro” (2018) e “Economia Afetiva: Por Uma Nova Tecitura Social”(2019), que registra todos os aprendizados adquiridos durante a realização da Trama Afetiva nos respectivos anos.

15h50 - Blackmoney e Empreendedorismo

TA Studio🇧🇷

KF Branding + WOOLMAY🇧🇷

VB Atelier🇧🇷

VAMO🇧🇷

Mediação: Suzana Matos – Sebrae RJ🇧🇷

17h10 - Design Universal no vestuário e Case Paralimpíadas

Thaysa Torres – Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB🇧🇷

Designer gráfico e estratégico do Comitê Paralímpico Brasileiro. Experiência em gestão de projetos, liderança criativa, inovação, branding, projetos gráficos e service design.
“Acredito no uso do design como ferramenta de acessibilidade.”

Rafaella Lacerda – Tesourinhas Cursos e RELab Criativo🇧🇷

Rafaella Lacerda tem graduação em Processos Produtivos do Vestuário e Especialização em Fashion Design. No momento atual ministra disciplinas de Ergodesign, História da moda Contemporânea, Processos e Materiais Têxteis entre Projetos Integradores, na Instituição IESB em Brasília. Já se aventurou empreendendo na escola de cursos personalizados de costura e manualidades, Tesourinhas Cursos. É apaixonada por história, design e aprendizado.

Mediação: Luiza Tamashiro – RELab Criativo / Ewá Poranga🇧🇷

Luiza Tamashiro, asiática-brasileira-indígena, mãe, designer, consultora, produtora, pesquisadora e educadora, tem como missão humanizar relações e experiências, trabalhando de forma co-criativa na criação de produtos e serviços de acordo com as necessidades das pessoas pluridiversas, pesquisadora dos saberes ancestrais e também nos campos de moda, gênero e cultura, educadora e consultora educacional na implementação da matéria de Moda Plural e Design Universal.
Idealizadora do @relab.criativo, Centro de Pesquisa Educacional que conecta estudantes, educadores, profissionais, colaboradores e parceiros interessados em repensar o que é integração e inclusão, acessibilidade e sustentabilidade.
Colaboradora do @brasilecofashionweek e educadora na escola pluricultural de moda @ewaporanga.

14h30 - Fiosgood apresenta: Inovação e tecidos especiais

Leandro Farha – Fiosgood🇧🇷

Leandro Farha, 35 anos, empreendedor, “equilibrista”, esportista e meditante. Formado em propaganda e marketing e pós-graduado em CEB (Cultivating Emotional Balance). Em ação para uma moda mais consciente.

Mariana Lombrado – Fiosgood🇧🇷

Mari Lombardo é criativa, transita entre os universos da moda, arte, beleza, saúde e alimentação.
Pesquisa sobre comportamento de consumo e inovação em diversos mercados. Tem formação em Moda e pós-graduação em História da Arte.

Mediação: Ana Sudano – Brasil Eco Fashion Week🇧🇷

Ana Sudano é estilista, com formação em Design e pós-graduação em Gestão de Negócios da Moda. Educadora no Senac SP, empreendedora, estudiosa e entusiasta das práticas de sustentabilidade na moda, atua como coordenadora criativa do Brasil Eco Fashion Week.

15h30 - Novas fibras para uma era pós-petróleo

Juha Salmela – Spinnova🇫🇮

Nascido em 1973, Salmela é CTO e cofundador da Spinnova. Antes de inventar o método de fiação da fibra a partir da celulose, o físico Salmela foi líder da equipe de reologia e fluxos de processo do VTT (Centro de Pesquisa Técnica da Finlândia). Seu foco principal era a pesquisa experimental de fluxos e reologia de suspensão de fibras relacionadas à fabricação de papel.
Salmela liderou vários grandes projetos de desenvolvimento de processos industriais em seus 18 anos com a VTT. Ele também foi um cientista visitante na Universidade de British Columbia, em Vancouver.
Salmela foi eleito CTO of the Year Europe em 2018.
@SalmelaJuha

Debora Meyer – Castanhal Companhia Têxtil🇧🇷

Debora de Almeida Meyer, tem 38 anos e é formada em engenharia têxtil pela Faculdade de Engenharia Industrial – FEI e pós-graduada em Gestão de Negócios com ênfase em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM. Possui experiência de mais de 15 anos na área de Desenvolvimento de Produtos, com atuação também na área de Assistência Técnica e suporte ao cliente.

Haness Schoenegger – Bananatex🇦🇹

Hannes Schoenegger, nascido em Innsbruck, Áustria, é cofundador e CEO da marca suíça de bolsas QWSTION e sua empresa «subsidiária» Bananatex®. A QWSTION fabrica bolsas de plantas desde 2008, combinando funcionalidade e design atemporal com uma pegada pequena. Os esforços foram homenageados com vários prêmios internacionais para desenvolvimento de materiais e soluções de sustentabilidade de destaque.

Mediação: Gabi Machado – Brasil Eco Fashion Week🇧🇷

Atua na curadoria de conteúdos do Brasil Eco Fashion Week, pelo 3º ano. É jornalista, especialista em Comunicação e Educação Ambiental, e Comunicação e Marketing de Moda. Realiza pesquisa e geração de conteúdo sobre sustentabilidade e circularidade no contexto da Moda, e também atua na comunicação da empresa têxtil focada em soluções circulares, Cotton Move.

17h10 - Potencializando negócios responsáveis no Mercado Livre

Flávia Amadeu – Flavia Amadeu🇧🇷

Flavia Amadeu é designer e empresária brasiliense, é PhD pelo Departamento de Moda Sustentável (Centre for Sustainable Fashion) do London College of Fashion. Desde 2004 pesquisa e desenvolve projetos com borracha nativa da floresta Amazônica, onde trabalha diretamente com comunidades ribeirinhas e artesãos locais. Assina a grife de moda sustentável FLAVIA AMADEU e é proprietária da AMADEU – Agência de Materiais e Design Sustentável. Participou de importantes exposições como “Fashioned from Nature” do Museu Victoria & Albert de Londres e em 2020 recebeu o Prêmio Muda de design sustentável.

Tainah Fagundes – Da Tribu🇧🇷

Tainah Fagundes, 39 anos, formada em Comunicação, com especialização em Marketing. É empreendedora social há 11 anos, à frente da Da Tribu.
A Da Tribu é um empreendimento social de moda da Amazônia, de Belém/PA, cuja produção se baseia nos princípios da sustentabilidade, com foco na valorização dos saberes tradicionais dos povos da floresta. Produzem joias, e biomateriais como fios e tecidos emborrachados para o mercado B2B a partir da Borracha Amazônica, colaborando para o fortalecimento da sociobiodiversidade por meio de parcerias com famílias de comunidades ribeirinhas. A sustentabilidade, a floresta em pé, o comércio justo e transparência no seu processo produtivo são os compromissos maiores do empreendimento.

Claudio Martins – Bossapack🇧🇷

Empresário e empreendedor se dedica atualmente à nobre missão de repensar a moda e promover o desenvolvimento do seu negócio, mostrando que é possível sim ter uma marca competitiva e ao mesmo tempo sustentável.
Tem como estratégia trabalhar a cultura como elo fundamental entre o desenvolvimento social e a produção local. Empresa membro do Origens Brasil , trabalha com os povos originários desde 2017 a fim de fortalecer o território e a cultura local em prol da economia da floresta em pé.

Mediação: Laura Motta – Mercado Livre🇧🇷

18h30 - Encerramento

Patrocínio Master

Patrocínio

Co-Patrocínio

Realização