Oito estratégias de Design para uma moda mais circular e regenerativa

Publicado em 23 de novembro de 2020

Na Regenerate Fashion consideramos os impactos socioambientais dos produtos de moda usando o Pensamento de Ciclo de Vida como a metodologia principal para nossos serviços. Tendo esse mindset como base, trabalhamos com nossos clientes desenvolvendo produtos e treinando suas equipes a utilizarem um conjunto de Estratégias de Design, composto por 8 diretrizes. Cada Estratégia possui um papel sistêmico, definindo etapas da cadeia que irão influenciar o sistema inteiro. Acreditamos que as Estratégias a seguir são essenciais no processo de desenvolvimento de produtos mais sustentáveis e com potencial circular e regenerativo. São elas:

1. Design para Circularidade

design estrategia moda circularFoca na escolha de materiais de longa duração, inovadores e / ou reciclados e em garantir que um produto seja construído para ser reciclável. A extensão do ciclo de vida do produto, outras possibilidades de reparo e reciclagem ou compostagem são facilitadas pelo design. Além disso, os modelos de negócios em que o produto circula, também contribuirão para que o material tenha “valor infinito”, por exemplo, leasing, swapping, etc. Nosso ‘Circular Bags Project” foi desenvolvido com grande foco nesta estratégia! Para assistir ao vídeo da IG TV onde nossa co-fundadora Larissa Roviezzo explica, clique aqui.

2. Design para Desmontagem

Traz o conceito de roupas modulares, que facilita a ciclabilidade do material por meio de Reparo, Upcycling, Downcycling ou Reciclagem. As vantagens de uma roupa modular são a versatilidade, a possibilidade de combinar materiais dos ciclos técnico e biológico, e o uso de outros componentes não têxteis. Como exemplo,o Denim Footprint foi um projeto onde criamos uma diretriz para o design e a produção de denim sustentável. A desmontagem de golas para permitir reparos quando desgastados, e a fácil remoção de botões de metal para facilitar a reciclagem são algumas das soluçöes utilizadas nesse projeto.

3. Design para a Customização

Foca em permitir a participação do usuário e construir uma conexão emocional com o produto. Esta estratégia visa reduzir a superprodução e o estoque excessivo. Escalabilidade de produção, altos custos e um grupo-alvo limitado podem ser possíveis desafios para sua implementação.

estrategias de design moda circular4. Design Ético

Tem foco em gerar impacto social positivo, fortalecer tradições e culturas, e o uso de recursos locais. Além das boas intenções, as equipes de design devem estar cientes de um monitoramento adequado dos fornecedores e dos riscos de apropriação cultural. Assista ao vídeo da IG TV onde nossa co-fundadora Melissa O de León, comenta alguns exemplos interessantes de Design Ético.

5. Design Positivo

Traz benefícios aos usuários através do uso das roupas, e traz soluções inovadoras para a regeneração dos ecossistemas. Os principais desafios são as dificuldades técnicas de implementação, os custos altos de matéria prima e o processo extenso de pesquisa.

6. Low-No Waste

Também conhecido como Zero Waste, ou “baixo resíduo”, foca na redução de resíduos e desperdícios associados à produção de roupas! Alguns de seus benefícios são a minimização de impactos ambientais, maximização do uso de materiais, novas possibilidades de fabricação com impressão CAD e 3D, e o reaproveitamento de resíduos de outras indústrias. Alguns contras podem ser, resolver a estética, textura e desempenho do produto, e limitações gerais de design e modelagens. . Exemplos de casos são a Agraloop Technology, que transforma restos da indústria alimentícia, como palha de arroz e folhas de abacaxi, em fibras têxteis; e a brasileira Tsuru Alfaiataria, que tem como metodologia a confecção de roupas Zero-waste como filosofia.

7. Design Monomaterial

design e estrategia moda circularEstá associado à abordagem circular, e visa facilitar a fase de reciclagem, ao final do ciclo de uso. Também oferece a oportunidade para a empresa trabalhar com menos fornecedores, e fortalecer esses relacionamentos. Quanto ao usuário, o produto monomaterial é mais fácil de lavar e cuidar. Alguns contras para a equipe de design seriam as opções limitadas de acabamentos e componentes, além do desafio estético. Um dos casos de negócios mais icônicos com essa abordagem foram os tênis Adidas Futurecraft Loop, lançados em 2019 e feitos inteiramente de TPU. A Adidas agora está pesquisando como evitar a perda de qualidade desse material durante os ciclos de reciclagem.

8. Design Atemporal

monomaterial_design_moda_circular

Visa gerar durabilidade emocional e material da peça, e sugere que vários usuários a utilizem, como conseqüência, promovendo uma redução do consumo. Alguns contras seriam que, o design atemporal não se ajusta às tendências facilmente, e essa abordagem tende a ser mais adaptável aos modelos de negócios lentos. Com um slogan como “jeans Levis são feitos para durar”, a marca icônica sabe desenhar para a longevidade. É o modelo 1950’s 701 é um bom exemplo para esta estratégia de design. Seu design vintage se consolida como um clássico do guarda-roupa e é feito com 100% algodão – uma característica que ninguém imaginaria ser “amigável com a circularidade”.

Qual estratégia você acha que é mais relevante em termos de impacto? Qual das estratégias se aplica melhor à sua categoria de produto? Vamos melhorar o impacto da sua empresa? Se você tiver alguma inspiração ou comentário para compartilhar sobre o assunto, escreva para: hello@regeneratefashion.com

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.